dezembro 26, 2011

por Danielli Guirado

Resenha: Quando Cai o Raio {Meg Cabot}

Autor: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Série: Desaparecidos
Páginas : 272
Volume: 1 de 5


Jéssica era uma menina normal até ser atingida por um raio enquanto saía da escola. Mas, apesar de não ter ficado nem mesmo chamuscada, acaba descobrindo que ganhou um poder especial: ela agora sabe exatamente onde se encontram as crianças cujas fotos estampam o Disque-Desaparecidos. O problema é que, ao pensar que estava fazendo uma boa ação ligando para o telefone da instituição, ela acaba levantando suspeitas das autoridades... Agora só precisa convencer o FBI a acreditar nela.


Jess é uma menina normal, tem dois irmãos, o pai é dono de três restaurantes (um chique, um médio e um povão! rsrs) na cidadezinha em que vivem nos quais ela é obrigada a trabalhar aos finais de semana (lembrei de você Huguinhooo!!! =P), vai a escola, pega detenções para a vida toda, gosta do menino que sua família vai odiar e que tem uma moto!

As coisas mudam no dia que Jess é atingida por um raio! Ela morre? Por “sorte” não, mas, no dia seguinte ao evento, ela sabe exatamente onde estão as duas crianças desaparecidas que estão descritas atrás da caixa de leite!

Como qualquer pessoa sensata, ela resolve ligar para o Disque-Desaparecidos e tudo fica bem. Até o dia seguinte, quando ela sabe o paradeiro de mais duas crianças da caixa de leite nova! O que está acontecendo? Logo o governo americano toma conhecimento dos dons de Jess e decide que a quer para seus próprios propósitos e as confusões só aumentam a partir daí!

Fazia tempo que eu não lia Meg Cabot e veio aquela avalanche de reconhecimento ao ler Quando Cai o Raio! Jéssica apesar de ter um estilo próprio, me lembrou muitooo a Suze de Mediadora (outra série da Meg, must read and have hauahuah!!!): as duas são mega práticas, rebeldezinhas, adoooram uma briga e sair batendo em todo mundo, Suze nos fantasmas e Jess nos idiotas do futebol! rsrs

A história é leve, tem um quê de ação por conta de uma das crianças que Jess ajuda não ficar tão feliz assim em ter voltado para casa, um quê de drama com o irmão mais velho que Jess adora e tem um problema muito sério e o romance com Rob Wilkins, o motoqueiro rebelde da detenção que acaba ajudando-a em algumas loucuras!

Os demais personagens não tem muito destaque, mas gostei bastante do pai da personagem: prático, paizão, dá pra perceber que ama os filhos e faz o possível para mantê-los a salvo – inclusive da mãe superprotetora! Quando Cai o Raio, faz parte da série Desaparecidos, mas até agora não lançaram mais nenhum por aqui. A série, segundo blog Leitora Compulsiva, possui 5 volumes: When Lightning Strikes, Code Name Cassandra, Safe House, Sanctuary e Missing You. Vamos aguardar que saiam logo, pelo epílogo do primeiro livro, coisa boa vem aí! ^-^

Frases

Jess: "Sério, não dá para acreditar nos garotos. É um milagre que as pessoas se casem." 
[pág. 96]
***
Jess: Fui para cama feliz, pensando que talvez um garoto gostasse de mim. É uma idiotice que só seja preciso isso para fazer a gente feliz às vezes."
[pág. 97]

***
Rob: Jess, tenho orgulho de ter sentado ao seu lado na detenção!
[pág. 264]

Dani

Um comentário:

  1. Olha, acho que não tinha lido nenhuma resenha de Quando Cai o Raio ainda, mas adorei a sua! Me deixou com vontade de ler! XD Meg é Meg, né? Eu tenho o livro aqui, por enquanto tenho muitos outros pra ler na frente, mas vai chegar a vez dele!

    Beijos,
    Gabi - Está Inspirada

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!