fevereiro 03, 2012

por Danielli Guirado

Resenha: Tocada Pelas Sombras - Academia de Vampiros {Richelle Mead}

Páginas: 384
Editora: Agir
Volume: 3 de 6
Categoria: Terror
Rose Hathaway sabe que é um erro se apaixonar por um de seus instrutores. Lissa, sua melhor amiga e última princesa do clã dos Dragomir, deve vir sempre em primeiro lugar. Rose precisa protegê-la. Mas, infelizmente, quando se trata de Dimitri Belikov, algumas regras parecem existir apenas para serem quebradas. Justamente quando Lissa e Rose vêem seu pior inimigo, Victor Dashkov, a um passo de sair da prisão, imagens sombrias começam a invadir a mente de Rose, prenunciando algo terrível à espreita da Escola São Vladimir. A tensão ronda o mundo dos Moroi mais do que nunca. Os Strigoi desejam vingança pelas mortes causadas por Rose em Spokane. Numa batalha de tirar o fôlego, ela viverá seus piores pesadelos ao ter de escolher entre o amor de sua vida e sua melhor amiga. Será que essa escolha significa que apenas um deles sobreviverá?

Cuidado! Esta resenha contém spoilers! 

Richelle não nos poupa neste volume de Academia de Vampiros! Rose descobre que Victor Dashkov ainda não foi julgado pelo que fez à Lissa e que ambas não poderão participar do julgamento que se aproxima. Com uma ajudinha de Adrian, isso muda e elas embarcam para a Corte Real!

Lá a Rainha Tatiana recebe Lissa de braços abertos, depois de tê-la humilhado no primeiro livro, e  parece ter muitos planos para a princesa que não pretendem incluir Christian  - ou Rose! Rose por outro lado, está sofrendo com um problema sério: ela começa a ver o fantasma de Mason pela escola, será que ele voltou para se vingar já que ela não pôde salvá-lo?

Ela não pode lidar com este tipo de distração agora porque a experiência de campo começou e ela tem que se concentrar. A Experiência de Campo é o teste mais importante na formação dos guardiões antes das provas finais, consiste nos aprendizes serem designados a um Moroi da escola para protegê-lo e assim se preparar para o quê o espera no mundo real. Rose não vê a hora de provar seu valor, mas logo vê que as coisas serão um pouco mais difíceis.

Enquanto isso, ela continua a ver Mason que sempre aparenta estar muito triste (lógico, ele está morto! dã!). A história continua assim por boa parte do livro, só construindo as relações, as politicagens, os intrincados mistérios se sobrepondo, inclusive alguns Moroi misteriosamente aparecendo muito machucados pela escola sem boas explicações e Rose é a única que percebe.

Ela também se preocupa com Lissa porque a amiga parou com os antidepressivos para poder usar o espirito. Adrian acaba percebendo de onde vem toda a escuridão da aura de Rose - ela vem de Lissa. O que pode acontecer a Rose então, se está sugando todos os "malefícios" do espirito?

Tudo isso chega a um ponto crítico que estoura no pior momento possível e Rose quase perde o controle. Mas Dimitri está lá! Ele sempre está lá para sua Rose e lógico que tudo é muito perfeito para descrever! E é aí que Richelle nos arranca do nosso conto de fadas: quando Rose e Dimitri parece que finalmente vão conseguir o seu "felizes para sempre adaptado", a Escola é cercada e atacada por Strigoi!
A luta em si é desesperadora; emocionante e dinâmica. A Escola perde muitos e alguns foram levados pelos Strigoi. Neste dia, muitos tabus são quebrados, revoluções são iniciadas e, pela primeira vez na história, os guardiões saem para resgate. Mais uma vez, Richelle nos dá esperança, até arrancá-la de novo e nos deixar de joelhos junto com a Rose - porque uma parte de sua alma foi levada pelos Strigoi!

Richelle nos leva junto com Rose por tudo isso: você fica ansioso, esperançoso, agitado, muito triste e destruído! E termina o livro nesse turbilhão de emoções querendo começar o quarto logo em seguida para ver que tudo isso é uma mentira, que não pode ter acontecido uma coisa daquelas!!!

E esse é Tocada pelas Sombras! E, apesar de ser o mais cruel, é o meu preferido da série até agora!

Frases

"Manter o coração enterrado não é muito diferente de manter a raiva reprimida. O sentimento corrói você por dentro até que tudo que você quer é gritar ou chutar alguma coisa."
[Rose - pág 11]
***

"Ele não tocou em nenhuma outra parte do meu corpo. Não tentou me puxar para perto dele. Mas, caramba, aquela mão no meu ombro tinha todo o poder do mundo."
[Rose - pág 67]
***
"Lissa parou ao olhar para o brasão de sua família e sentiu o peso de ser a única a carregar aquele nome, o orgulho de fazer parte daquela família e o medo de que não fosse boa o bastante para honrá-la."
[Rose - pág 170]
***
"Tinha me apaixonado por Dimitri porque.... bem, porque ele era o Dimitri!! Porque ele era doce, forte, engraçado, feroz e lindo. Porque ele me entendia."
[Rose - pág 247]
***

"Não havia nenhuma estratégia de luta. Aquilo era irracional e selvagem. Aquela era eu sendo controlada pela loucura que eu tinha tirado de Lissa."
[Rose - pág 295]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!