março 13, 2012

por Danielli Guirado

Eu vi: Avatar - O Último Dobrador de Ar



Duração: 1h 43min

Dirigido por: M. Night Shyamalan

Elenco: Dev Patel, Shaun Toub, Cliff Curtis

Gênero: Aventura, Ação, Família, Fantasia

Nacionalidade: EUA

Muito criticado em sua estréia em 2010, o filme Avatar: O Último Dobrador de Ar merece que alguém se levante para defendê-lo como filme ótimo e feito aos fãs que ele é!

Para começar, o filme foi baseado no desenho animado Avatar: A Lenda de Aang, que possui quatro temporadas e foi exibido por aqui pelo canal pago Nickelodeon. No desenho, o mundo é dividido em quatro nações: a Tribo da Água, o Reino da Terra, a Nação do Fogo e os Nômades do Ar, os habitantes de cada nação podem controlar os respectivos elementos. Na abertura dos capítulos do desenho, a personagem Katara dá uma explicação clara sobre tudo que acontece:

Da Esquerda: Sokka, Katara, Aang e Zuko

“Água… Terra… Fogo… e Ar. Há muito tempo as quatro nações viviam em perfeita harmonia, mas tudo isso mudou quando a Nação do Fogo atacou. Só o Avatar pode controlar os quatro elementos, mas quando o mundo mais precisa dele, ele desaparece. Cem anos se passaram e eu e o meu irmão achamos o novo Avatar, um dominador do Ar chamado Aang. Embora sua habilidade com o ar seja ótima ele ainda tem muito que aprender antes de dizer: ‘Eu sou o Avatar!’ Mas eu acredito que o Aang possa ser o Avatar”.
[Katara - Abertura do desenho]

Como a narrativa diz aí em cima, Katara e seu irmão Sokka, encontram Aang, o dominador de ar, destinado a ser o Avatar. Durante a série, Katara e Sokka o ajudam a encarar seu destino e salvar o mundo, pois o Avatar representa a maior ameaça às conquistas da Nação do Fogo e a maior esperança para que o mundo volte ao equilíbrio normal. O desenho tem uma temática mais voltada para o infantil, mas dá para os grandinhos gostarem também e eu sou uma que gostei bastante!!! Quando foi anunciado que iria sair o filme, fiquei, junto com o namorado, muito animada para assisti-lo e não me decepcionei como muita gente falou!



Muita coisa ficou extremamente fiel ao filme, como os figurinos, os cenários de cada um dos mundos e os efeitos especiais nas partes de controle dos elementos! Mas uma coisa que ficou perfeita e qualquer fã perceberia, foram os movimentos necessários para controlar a magia utilizados nos desenhos: os atores, imagino que após um treinamento, faziam todas as sequências certas e com a maior perfeição possível equiparada com a do desenho!!





O romance foi bem mais abordado do que é no desenho, as cenas de ação conseguem animar, principalmente nas lutas um a um, mas quando envolviam cenas de guerra mesmo e muitos figurantes, os movimentos e a atuação tornavam-se desleixados, ainda mais quando a equipe de produção resolvia colocar efeitos especiais nos movimentos, o que perdia um pouco do ritmo.



Também não gostei de algumas escolhas para o elenco a começar pelo proprio Aang: no desenho ele é mais molecão e escalaram um ator bebê demais!! rsrsrs Os atores que fizeram o Sokka [que faz o Jasper, na Saga Crepúsculo, perceberam??] e o príncipe Zuko da Nação do Fogo, achei que ficariam melhor trocados.

Da Esquerda: Zuko e Soka
No geral, considerando o baixo orçamento e a questão de comprimir uma temporada toda de desenho dentro de 2h de filme, foi maravilhoso e eu gostei bastante! O que acho que pegou foi que é um filme feito para fãs, que já sabiam da historia e tudo mais, e aí muita gente ficou revoltada com a falta de explicaçoes para algumas coisas.



Lógico que tudo isso é apenas a minha opinião e, na minha opinião, acho que você poderia dar mais uma chance para Avatar: O Último Dobrador de Ar!! =]



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!