janeiro 13, 2013

por Danielli Guirado

Resenha: Cinquenta Tons de Liberdade {E.L. James}

Autor: E L James
Editora: Intrínseca
Páginas: 544
Volume: 3 de 3
Resenhas Anteriores: 50 Tons de Cinza; 50 Tons mais Escuros

Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.


Ana e Christian parece que nasceram um para o outro e agora eles estão curtindo seu amor e muitas outras descobertas um sobre o outro nos destinos mais românticos e caros que o dinheiro pode comprar. Ao voltar à realidade, porém, a necessidade de controle e o ciúme de Christian faz o casal passar por poucas e boas em busca do equilíbrio tão desejado nesse relacionamento.

Além disso, Jack Hyde está de volta e parece que está atrás de muito mais que uma simples vingança contra Ana e Christian, pois todos os Grey parecem estar envolvidos em seu plano de destruição.

Depois do segundo livro ter sido muito bom, este terceiro pareceu muito “mais-do-mesmo” e sem grandes emoções até sua metade. O relacionamento de Ana e Christian ainda é cheio de altos e baixos, mas ele está extremamente atencioso, carinhoso e cada vez melhor na arte de mimar a sua Ana desde com jóias e presentes caros, até com simples bilhetes ou e-mails declarando todo seu amor por ela!

O ciúme e a necessidade de controle extremos de Christian ainda estão muito presentes e essas características foram as únicas responsáveis por eu também não cair de amores pelo adorável 50 Tons! Sem contar que cada concessão da Ana às ordens e imposições dele me deixava fervendo de raiva! Quanto ao sexo, ele continua bem presente no livro, assim como nos outros volumes, e Ana e Christian ainda tentam encontrar um equilíbrio estre as necessidades um do outro. Sinceramente, desde o segundo livro esta se torna a parte mais desinteressante da história, pois quase nada muda na narrativa destes momentos, então você está meio calejada das “cenas” e quer mesmo que a história desenvolva para você saber logo o que acontece!

O final é fofo e previsível, mas a autora apimenta o final da leitura com algumas surpresas sobre Christian que deixa a gente com gosto de quero mais!

Quanto ao filme, o site da Intrínseca diz que a única informação confirmada é que a produção ficará a cargo dos mesmo produtores do filme A Rede Social e que nenhum ator foi confirmado ainda para o longa. Resta continuarmos esperando para ver quem será o sedutor Sr. Grey!

Trechos

“Ana, intimidade é o que eu mais quero ter com você. E não se esqueça: eu conheço essa parte do seu corpo melhor do que você.”
[Christian – pág. 53]

“Foi só um sonho ruim, querida. Estou aqui e vou protegê-la.”
[Christian - pág 83]

“Vou ficar feliz onde você estiver, Ana. É simples assim.”
[Christian – pág. 129]

“Quero que o seu mundo comece e termine em mim.”
[Christian – pág. 142]

“Sou uma filha única que se agregou a uma família grande e gregária, e adoro isso.”
[Ana – pág. 474]


Um comentário:

  1. Bom, essa resenha eu vou ler depois, tá?
    Ainda torço um pouco o nariz pra Mr Grey...

    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!