novembro 06, 2013

por Só Lendo

Resenha: Quem poderia ser a uma hora dessas? {Lemony Snicket}

Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Série: Só Perguntas Erradas
Volume: 1 de 4
Páginas: 235
Nota Skoob: 4/5

Em uma cidade decadente, onde se criam polvos para a produção de tinta, onde há uma floresta de algas marinhas e onde um dia funcionou uma redação de jornal em um farol, um jovem Lemony Snicket começa o seu aprendizado em uma organização misteriosa. Ele vai atender seu primeiro cliente e tentar solucionar o seu primeiro crime, aos comandos de uma tutora que chama carro de “esportivo” e assina bilhetes secretos. Lá, ele vai cair na árvore errada, vai entrar no portão errado, destruir a biblioteca errada, e encontrar as respostas erradas para as perguntas erradas – que nunca deveriam ter passado pela cabeça dele. Ele escreveu um relato sobre tudo o que se passou, que não deveria ser publicado, em quatro volumes que não deveriam ser lidos. Este é o primeiro deles.



Nunca li nenhum livro de Lemony Snicket e não sabia o que esperar.. Mentira, esperava que seria um livro confuso por todas as informações desencontradas que me tinha passado até então, mas super me enganei!!!

Lemony Snicket (sim, o nome do autor e protagonista são os mesmos! rs) é um adolescente de 13 anos que acabou de se formar de sua educação incomum para se tornar um detetive (suponho, pois não temos certezas neste livro! rs) e está prestes a embarcar em sua primeira missão, até que sua tutora, S. Theodora Markson, o sequestra  e eles vão parar em Manchado-pelo-Mar, uma cidade praticamente abandonada e que eu fiquei com medo!! ahuahuaha

Lá, Theodora e Lemony tem que descobrir quem roubou um objeto que na verdade não foi roubado (?) de uma senhora, que na verdade não existe (??). E Lemony ainda tem que se preocupar em passar em sua primeira missão de verdade.

Apesar de um estranhamento inicial, Quem poderia ser a uma hora dessas? me conquistou rápido e logo estava curtindo muito a leitura! Adorei o Lemony, ele é bem esperto para um menino de 13 anos, gosta muito de ler () e totalmente ignora sua tutora insuportável, S. Theodora Markson, que é a pior dos tutores de detetives da vida!! Muita raiva dela e de suas burrices!!! rsrsrs

A arte do livro é um divertimento à parte, as ilustrações da capa se repetem em cada início de capítulo e sempre tem a ver com o que acontece no capítulo. É um livro divertido, super fácil de ler, com personagens muito inteligentes e gracinhas (tirando a Theodora! rs). Só queria saber mais da história do Lemony, mas acho que isso deve vir nos próximos livros! Super recomendo a leitura.

Trechos Preferidos


"Que tipo de pessoa assinaria um bilhete secreto? Um bilhete secreto é secreto. Não há motivo para assiná-lo."
[Lemony - pág. 17]

"Saber que uma coisa está errada e mesmo assim fazê-la é algo que acontece com bastante frequência na vida, e duvido que algum dia eu saiba o porquê."
[Lemony - pág. 40]

"Dizem que em toda biblioteca existe um livro capaz de responder uma questão que queima como fogo em sua mente."
[Dashiell Qwerty - pág 76]

"Tudo que há no mundo tem o seu lugar."
[Lemony - pág. 183]

"O quarto estava todo zoneado, palavra usada para algo que é divertido fazer no quarto dos outros, mas não tem a menor graça quando é feito no seu."
[Lemony - pág. 199]


Um comentário:

Vitor dos Santos Oliveira disse...

Que legal! Realmente da vontade de ler! Mas ainda tá muito confuso!
Ótima resenha meu amor!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!