maio 14, 2014

por Danielli Guirado

Resenha: O Feitiço Azul {Richelle Mead}

Autor: Richelle Mead
Editora: Seguinte
Série: Bloodlines
Volume: 3 de 6
Páginas: 416
Resenhas Anteriores: Laços de Sangue; O Lírio Dourado
Nota Skoob: 5/5


"Podia aceitar que a causa maior às vezes exigia decisões difíceis, mas me recusava a ser usada ou colocada em perigo por causa de mentiras "importantes"."
[Sidney - pág. 51]



Ah, finalmente chegou!!!! O pior é que agora estou mega ansiosa para o próximo!!! rsrs

Neste livro, além de continuar em Palm Springs protegendo Jill DragomirSidney está com muitos outros problemas: uma bruxa poderosa está sugando a vida e os poderes de bruxas não treinadas e ela pode ser um alvo! Ela precisa procurar Marcus Finch, o único dissidente dos alquimistas de que ela já ouviu falar e que pode lhe contar a verdade sobre a organização que ela seguiu a vida inteira, mas que só vem lhe contando mentiras e manipulando-a. E ela precisa desvendar - e aceitar - seus sentimentos por Adrian!!!

"Simplesmente vou amar você, quer você queira ou não."
[Adrian]

O vampiro mais legal da vida (hahaha) decidiu amá-la de longe e ela não se conforma com isso, ao mesmo tempo que não consegue mais ficar longe dele, a única pessoa que a entende completamente e que desperta sentimentos que ela nem sabia que tinha. Mas o romance entre humanos e vampiros vai contra tudo que ela foi ensinada a vida inteira a acreditar, é antinatural e impossível! Mas é Adrian e ela fica cada dia mais confusa!

"Quando toco em você sua aura.... arde. Por que, Sidney? Por que reage assim se não significo nada para você?"
[Adrian - pág. 243]

Para variar, amei o livro! Apesar do que pode parecer da minha resenha, Richelle não se foca só no romance, nos levando a acompanhar Sidney em sua busca da verdade e da liberdade de escolha de uma vida sem renúncias. Vemos também ela se aprofundando ainda mais nos estudos da magia e achei uma sacada legal da Richelle em dar essa característica especial só de Sidney, da humana que vive nesse limbo de sobrenatural e real.

"Fiquei surpresa com a liberdade que estava sentindo. Não servia a ninguém, qualquer que fosse a causa. Era apenas eu, capaz de tomar as minhas próprias decisões."
[Sidney - pág. 328]


A série Bloodlines começou para mim como um jeito de não ficar tão órfã de Academia de Vampiros, mas adquiriu brilho próprio e agora tem um lugar todo especial no meu coração! Super recomendo a leitura e posso dizer que Sidney e Adrian se tornaram meu mais novo casal favorito!!!

Trechos Favoritos

"Melhor correr o risco de ser sacrificada do que enfrentar a fúria dos alquimistas."
[Sidney - pág. 8]

"Aos olhos dos alquimistas, usar magia era ruim. Aos meus, era pior deixar inocentes correndo perigo."
[Sidney - pág. 153]

"Você faz sua própria sorte."
[Adrian - pág. 275]

"Caramba, Sage. Com você é tudo ou nada mesmo. As coisas nunca ficam paradas na sua vida!"
[Adrian - pág. 332]

"Desapegue e admita seus sentimentos."
[Jill - pág. 382]

2 comentários:

  1. Comprando o livro em 3, 2, 1...

    Eu to no "Tocada pelas Sombras", e amando a Rose e o Dimitri...
    Tô doida pra terminar logo pra saber de onde surgiu a Jill...

    Está sendo interessante ver como o Eddie se tornou guardião, gosto dele também, ele é fofo, né?

    Ah, a adorei seu novo jeito de fazer resenhas! É a sua cara!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cheguei na parte que aparece a Jill pela primeira vez... Mas ainda não falou nada do parentesco dela com a Lissa.
      Estou na parte em que foram para o julgamento do Victor, naquela conversa dele com a Rose e o Dimitri antes do julgamento!

      Excluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!