junho 10, 2014

por Danielli Guirado

Resenha: O Livro das Coisas Perdidas {John Connolly}

Autor: John Connolly
Editora: Bertrand do Brasil
Páginas: 363
Nota Skoob: 3/5


"Tinha dificuldade em conciliar o Deus do padre àquele que deixara sua mãe morrer lenta e penosamente."
[pág. 198]

Expectativa "it's a bitch", certo?? Troquei este livro no Skoob amando-o de imediato sem saber nada sobre ele, só que a capa era linda e muita, muita gente falava bem, mas na hora que eu comecei a ler tudo desembestou...

David é um garoto de 9 anos que ama os livros, paixão adquirida através de sua mãe que está morrendo. Quando ela morre, seu pai se casa novamente e tem outro filho, David se sente muito perdido, parece que não pertence a este mundo, esta nova vida e só deseja que tudo volte ao normal, com sua mãe de volta e nada de madrastas e meio-irmãos.

"Ninguém pode forçar ninguém a fazer um mal. Você tinha o mal dentro de si e escolheu praticá-lo."
[Homem-Torto - pág. 345]

Seus desejos são atendidos e ele entra no mundo dos contos de fadas, que são um pouco diferentes do que ele está acostumado. Lá ele tem a oportunidade de mudar sua vida, deixá-la do jeito deseja, mas toda mágica tem um preço, e o preço para essa talvez seja alto demais.

"O Homem-Torto acreditava que todo e qualquer tipo de mal habitava o ser humano desde o momento da concepção, e que só era preciso descobrir a natureza do mal específico em cada criança."
[pág. 328]

Pela primeira vez considerei uma nota pela qualidade da escrita, em vez de apenas minha experiência e gosto pelo livro. Pois apesar de não ter gostado da leitura deste livro, eu enxerguei que ele é bem escrito. John Connolly cria uma história fantástica, com personagens mágicos, porém críveis que tem desejos, cometem erros e amadurecem. E é exatamente o que acontece a David enquanto está preso neste mundo mágico que ele não entende.

"Vivia de acordo com as regras, mas a vida o enganara. Este mundo não era igual às suas histórias no qual o bem era recompensado e o mal, punido."
[pág. 24]

Apesar de conter uma história boa, não consegui gostar do livro, não me apeguei à leitura, foi na verdade bem difícil levá-la adiante e algumas coisas simplesmente me deixaram muito enojada como a Caçadora que fazia experiências com corpos de crianças e animais!! Como eu disse aí em cima, talvez tenha sido minha expectativa alta pelo livro que estragou a experiência, mas é um livro que eu não voltarei a ler e não recomendo.


Trechos Favoritos

"Nem faço ideia do que ele realmente pretendia, vagueando por aí de bobeira, beijando mulheres desconhecidas que por acaso estivessem adormecidas."
[Irmão nº 1 - pág. 144 sobre o Príncipe Encantado]

"Cada um de nós tem uma vida para viver e uma vida para dar. Não há glória em se jogar fora a vida quando não há esperança."
[Rolando - pág. 196]

"Tive mais medo da morte de outras pessoas. Eu não queria perdê-las. Às vezes acho que me preocupava tanto com a possibilidade, que não conseguia desfrutar o prazer de sua existência."
[Rolando - pág. 228]

*
*
*
Vamos conversar mais!! Instagram Facebook ~ YouTube ~ GooglePlus ~Twitter ~ Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!