agosto 25, 2014

por Danielli Guirado

Resenha: City of Havenly Fire {Cassandra Clare}

Autor: Cassandra Clare
Editora: Margaret K. McElderry
Série: Os Instrumentos Mortais (The Mortal Instruments)
Volume: 6 de 6
Páginas: 725
Resenhas Anteriores: Livro 1; Livro 3; Livro 4 e Livro 5
Nota Skoob: 3/5

Nossa, parece que faz tanto, tanto, tanto tempo que acompanho Clary, Jace e Simon que agora que finalmente terminou (no sexto livro!), sinto aquele vazio característico de quando terminamos uma série muito boa!

Em COHF os Caçadores de Sombras sofrem a ameaça de Sebastian, que está juntando um exército de caçadores de sombras "malignos", transformados pelo Cálice Infernal, além de ter o apoio de Lilith, que o garante com poderes e resistência inimagináveis e de alguns traidores da causa dos Caçadores. 



"O amor é essencialmente egoísta."
[Sebastian - pág. 182]

Parece muito que, dessa vez, Sebastian vai conseguir o que quer e isso dá um aperto no coração o livro todo. Ele está invencível; como transformou Caçadores de Sombras normais em malignos, os parentes e amigos dos transformados, ainda pensam que podem ter seus entes queridos de volta e não os atacam, o que resulta em muitas perdas para o nosso lado!


"Tanta mágica, e nenhuma para consertar um coração partido."
[Clary - pág. 85]

Neste livro, finalmente Cassandra deixou Clary e Jace o mais normais possíveis, sem os dramas cansativos e sem sentido dos outros livros! Outra coisa que adorei foi a presença constante do Irmão Zachariah, o Irmão do Silêncio mais legal da vida!! Sempre gostei muito dele e fiquei feliz com essa atenção! ♥

No geral, o livro cumpre tudo que promete: resolveu quase (alguns ficaram para a spinoff Peças Infernais!) todos os problemas apresentados nos outros volumes, me emocionou (e muito!), me divertiu e me fez não querer largá-lo. No entanto, senti falta da dinâmica dos outros livros, de querer saber desesperadamente o que iria acontecer. Por ser o último livro e com uma batalha final, imaginei que eu teria mais esse sentimento, mas só aconteceu uma única vez e no capitulo que me fez chorar mais (de passar vergonha no metrô! rs)


"Às vezes, mesmo uma mudança para melhor parece uma pequena morte."
[Narrador - pág. 651]

Mas foi um fechamento de série bom, que eu gostei e eu continuo recomendando fortemente a série Instrumentos Mortais a todo mundo! Inclusive, minha amiga Mari está lendo e adoro ficar até tarde no whats app com ela discutindo tudo o que acontece! - e como Jace é incrível!! (Apesar de ele já saber disso! rs)


"Nós não vamos morrer tão fácil. Não vamos perder essa guerra. E quando ganharmos, vamos fazer o seu povo sangrar pelo que fizeram!"
[Jace - pág. 355]

Fiz questão de comprar a minha edição em inglês, hardcover, porque eles fazem uma ilustração liiinda atrás da jacket. Foi caro, mas quis ter pelo menos um da série nessas condições, como de colecionadora mesmo! ♥ No vídeo de leituras de agosto mostrarei a edição com detalhes para vocês!! O inglês do livro é intermediário, então super recomendo a leitura para quem está treinando a língua! 

E você? Já conhecia esta série? O que acha dela? Me conta nos comentários!!


Trechos Favoritos*

"Eu descobri que podemos ter o amor mais de uma vez, que o coração pode se curar e que podemos amar de novo."
[Jocelyn - pág. 75]

"Abraçando-a daquele jeito, ele se sentiu normal, maravilhosamente normal, como qualquer garoto adolescente apaixonado por uma garota."

[Simon - pág. 194]

"Existem coisas que nossas almas desejam, e a minha deseja você!"
[Simon - pág. 531]

"Você é o meu primeiro em muitas coisas, Alec Lightwood!"
[Magnus - pág. 667]

"Eu gostaria de tentar ser aquele cara de novo. Aquele cara que pode te beijar por mereceu. Se você for paciente o suficiente para me deixar tentar."
[Simon - pág. 712]


*Tradução livre pela autora desta resenha.

*
*
*
Vamos conversar mais!! Instagram Facebook ~ YouTube ~ GooglePlus ~Twitter ~ Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!