outubro 18, 2012

por Danielli Guirado

Resenha: Amanhã - O Outro Lado do Amanhecer - Livro 7 {John Marsden}


Autor:  John Marsden
Editora: Fundamento 
Paginas: 288
Volume:  7 de 7
Série: Amanhã
Resenhas Anteriores: Amanhã 1
Classificação: ♥♥♥♥

Vai ser dificil eu ler agora tooooda a série Amanhã novamente, pois na época de lançamento deste livro já reli para relembrar e ainda não tinha o blog, então decidi publicá-la e, com o tempo, vou publicando as demais! Para quem quiser ler agora, eu já fiz resenha do primeiro livro aqui, quanto aos outros, você pode encontrar nesta página do Livros e Bolinhos, da Juh!

No último livro da série Amanhã, John Marsden amarrou todas as pontas soltas e nos deu um livro com a mesma fórmula do restante e o final "feliz" (quão feliz pode ser um final após uma super guerra, não é?) esperado. 

Nesta parte da história o general Finley tem uma missão para os sete adolescentes: causar o maior estrago possível no "Dia D", o dia em que finalmente o ataque final será dado para terminar com essa guerra, para o bem ou para o mal. Durante a operação que Ellie, Fi, Lee, Homer e Kevin planejam, eles são obrigados a se separar e Ellie fica sozinha nas mãos do inimigo acreditando que chegou seu fim.

Este último livro da sére me decepcionou um pouco. Ellie sempre foi de descrever muito as situações e o ambiente em que se encontrava, isso era bom porque conseguíamos imaginar exatamente onde ela está, o que está fazendo e como está se sentindo. Por outro lado, sempre tornou a leitura um pouco morosa e, neste volume em que ela fica sozinha, essa característica se intensificou.

Senti falta de capítulos narrados pelos outros personagens ou só pelo Homer, por exemplo, já que eles estavam separados. Sei que esta não era a proposta desde o começo da série, mas acho que nesse caso poderia caber uma mudança.

Finalmente a guerra tem o seu desfecho, mas não do modo como imaginei e John fez de uma maneira que achei a mais realista possível (pelo menos baseada no meu parco conhecimento sobre guerras, graças a Deus nunca vivi em uma) e explicou como a realidade de Wirrawee irá mudar com as consequências da guerra. Ele também nos explicar o destino de cada um de nossos heróis, acabando com a nossa ansiedade de uma vez por todas!

Termino esta resenha indicando muitoooo a série! Em uma "moda" de distopias e mundos paralelos, acompanhar uma guerra "real" com pessoas normais que só querem se defender e defender as pessoa que amam com tudo que têm (sem poderes de qualquer natureza!) é uma diferença muito bem vinda. Quanto aos personagens, você acompanha o duro amadurecimento de cada um diante deste horror que estão vivendo e se torna parte do grupo que "povoa o Inferno" tanto quanto qualquer um deles!

Trechos

 "Não dá para a gente entender as coisas sem personalizá-las. Eu personalizei a Fi, o Kevin, o Lee e o Homer. Eles eram a batida do meu coração, a pele do meu corpo. Eles eram meus amigos lindos que tinham me ensinado que o amor era a força da vida."
[Ellie]

"Quero ver tudo, conhecer tudo, entender tudo. A riqueza e a pobreza, a alegria e a crueldade, a delicadeza e a melancolia. Essa é a melhor maneira de honrar meus amigos que morreram."
[Ellie]

"Eu me lembrei de uma vez ter ouvido falar que, quando a gente perde alguém de quem gosta muito, é como ter um membro amputado."
[Ellie]

"Eu estava no modo "sobrevivência". Quando a gente está correndo muito perigo, não se preocupa com pequenos machucados." 
[Ellie]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...