março 04, 2013

por Danielli Guirado

Resenha: Destinada - House of Night {P.C. Cast e Kristin Cast}

Autor: P. C. Cast e Kristin Cast
Série: House of Night
Volume: 9 de 12
Editora: Novo Século
Classificação: 3/5

Zoey está finalmente em casa, segura, ao lado do guerreiro Stark, se preparando para enfrentar Neferet. Kalona lançou seu poder sobre Rephain. Há também o belo e misterioso Aurox, um adolescente que é mais ou menos humano. Apenas Neferet sabe que ele foi criado para ser sua maior arma. Mas Zoey pode sentir a parte de sua alma que ainda é humana. Há algo estranhamente familiar nele. Será que a verdadeira natureza de Neferet será revelada antes que ela consiga silenciar a todos? E Zoey será capaz de tocar a parte humana de Aurox na hora de proteger a ele, e a todos, a partir de seu próprio destino? 
*Tentei ao máximo não soltar spoiler dos outros livros, o que deixou a resenha um pouco incompleta, eu achei, mas mesmo assim boa (humildade, caham!), dando uma ideia geral do livro! =]

Finalmente vai ter uma resenha aqui da série que eu mais critico por ser enrolona: House of Night! Infelizmente, por enquanto, não vão haver resenhas dos 8 livros anteriores, mas se você ainda não leu nenhum e não conhece a história, pode entrar aqui que tem resenha até o oitavo (depois volta aqui, né?? #mimimi)! 

Zoey e Stark finalmente voltam da ilha da Rainha Sgiach para uma realidade bem dura: o Conselho Supremo decretou que eles devem voltar à escola e ainda por cima reitegrou Neferet à Grande Sacerdotisa da Morada da Noite de Tulsa! Mesmo assim Zoey resolve enfrentar mais este desafio, mesmo após a mais recente tragédia que aperta seu coração (como morre gente nessa série, pelo amor!!!).

Um dos problemas mais prementes que ela enfrenta é a aceitação de Rephaim na escola, mesmo ele tendo recebido o perdão de Nix, não sem algumas consequências, pois ninguém quer o menino-pássaro por perto, mas ele decide ir mesmo assim, pois quer muito ser uma "pessoa" normal!

Kalona sente falta de seu filho e quer vingança de Neferet por ter controlado seu espiríto, por isso quer tentar uma trégua com o grupo de Zoey em face de um inimigo comum. Mas será que após tudo que ele fez, Zoey confiará em Kalona? Quanto à Neferet, ela está cada vez mais envolvida com as trevas e continuará fazendo de tudo para destruir Zoey de uma vez por todas! Dessa vez, entretanto, o Conselho deixou de ser tão burro e enviou uma de suas Altas Sacerdotisas, Thanatos, a vampira que tem afinidade com a Morte, para supervisionar a Morada da Noite e ver com os próprios olhos o que acontece na Morada da Noite de Tulsa.
Gente que agoniaaaaa!!!! Está tudo lá, todas as coisas horríveis que Neferet faz o tempo todo e ninguém parecer acreditar, ninguém percebe e ninguém acaba com ela de vez!!!! O esquema de cada capítulo ser contado por uma pessoa diferente continua e aumentam as participações, tendo passagens narradas por Lenobia e Dragon. Ao mesmo tempo que este tipo de narrativa a torna mais interessante, pois conhecemos alguns personagens melhor e vemos outros lados da história, se não usada com cuidado, se torna cansativa e repetitiva porque há muitas visões da mesma cena antes do livro andar de verdade e isso é o que acontece aqui, lógico! E com a enrolação que as autoras promovem, nada acontece até o final, como sempre. Também sou super contra ao comportamento do grupo de Zoey com Rephaim e Kalona. Essa história de todo mundo perdoar todo mundo por coisas horríveis não engulo, algumas coisas não se perdoam e ponto.

Ai você me pergunta: mas se é tão ruim assim, Dani, porque você continua lendo? Então, não é ruuuim! Por incrível que pareça, a história é original se compararmos com as demais de vampiros que temos por aí e as autoras escrevem de uma forma que você se envolve com os personagens e seus dramas e acaba te mantendo fiel até o fim para saber o que afinal vai acontecer com Zoey e seus amigos. O problema é que, o que as autoras poderiam ter feito em 5 livros, elas fazem em 12! É muita sacanagem e muito atestado de "quero continuar ganhando muito dinheiro".. ufa! desabafei! hahahahah

Se você tiver paciência, House of Night é uma série bem legal e envolvente com personagens muito divertidos e várias menções à nossa cultura pop, como Glee, Senhor dos Anéis, Harry Potter etc. Apesar de toda a minha reclamação, ele é um daqueles livros que você lê rapidinho porque quer chegar logo ao final!

Trechos


"O iPhone estava na sua mão. Ele não conseguia decidir se gostava mais da modernidade ou do mundo antigo. Agora era mis confortável, mas também mais complicado. Kalona tendia a acreditar que não."
[pág. 334]

"O passado importa muito, principalmente se nós não aprendemos com ele. Mas o futuro não precisa ser ditado pelo passado."
[Thanatos - pág. 347]

"O medo pode ser benéfico se for temperado por prudência e coragem."
[Thanatos - pág. 360]

"É uma mãe que nos traz a este mundo. Não faz sentido que também seja uma mãe quem nos chama para fazer a nossa passagem deste mundo para outro também?"
[Thanatos - pág. 372]


2 comentários:

  1. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  2. Essa é uma daquelas séries gigantescas que não me animam de ler. Apesar de ver sempre resenhas legais e P.C. Cast ter um público fiel, ainda não consegui ser conquistada. Quem sabe futuramente, né?

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!