julho 02, 2015

por Danielli Guirado

Resenha: Liberdade Crônica {Martha Medeiros}

Autor: Martha Medeiros
Editora: LP&M
Páginas: 255
Nota Skoob: 5/5
Compre: Amazon

"Foram os livros que me deram consciência da amplitude dos sentimentos. Foram os livros que destruíram um a um meus preconceitos. Foram os livros que me deram vontade de viajar. Foram os livros que me tornaram mais tolerante com as diferenças."
[A arte maior - pág. 70]

Estou feliz de ter lido mais um trabalho da Martha Medeiros! Ô mulher que dialoga com a gente através da caneta, não é??? Neste livro, Martha reúne 101 crônicas dos seus mais de 20 anos de carreira. O livro é dividido em cinco partes: A mulher contemporânea; Livros, filmes, músicas e etc.; Fé e equilíbrio; No divã e Sociedade e adorei cada uma delas!! 


"Curiosamente, o estupro é o único ato sexual cuja culpa a sociedade divide entre o homem e a mulher. Uma saia mais curta ou uma maquiagem pesada podem ser consideradas corresponsáveis pela agressão. Sempre haverá um analfabeto para dizer "quem mandou ser tão gostosa", transformando a vítima em cúmplice."
[Destruidoras de Lares - pág.16]

Teve algumas crônicas que muito me identifiquei, como "A fé de uns e de outros", que super recomendo nesses tempos de tanta intolerância por aí e o "Depois se vê", em que abre nossos olhos para a questão de sermos o país do: "Para quê prevenir se dá para gastar mais dinheiro remediando?", se me permitem a licença poética aqui!, hehe

"Na minha santa inocência, ainda acredito que religião deveria servir apenas para promover o amor e a paz de espirito. Se for para promover a culpa e decretar que quem é diferente deve arder no fogo do inferno, então que conforto é esse que a religião promete? Não quero a vida eterna ao custo de subjugar quem nunca me fez mal. Prefiro vida com prazo delimitado, porém vivida em harmonia."
[A fé de uns e de outros - pág. 244]

Livro delícia e rapidinho de ler! Se você ainda não conhece o trabalho da Martha, dá para ter uma palhinha também na resenha de Um Lugar na Janela, livro sobre viagens que ameeeeei, no facebook da autora e em páginas e sites criados por fãs!


Trechos Favoritos

"Ser boa é bom, ser boazinha é péssimo. As boazinhas não tem defeitos. Não tem atitude. Conformam-se com a coadjuvância. Ser chamada de boazinha, mesmo com a melhor das intenções, é o pior dos desaforos."
[As boazinhas que me perdoem - pág. 22]


"A liberdade é politicamente incorreta. A liberdade é personalista. A liberdade não se veste bem, não tem bons modos, não liga para o que os outros vão dizer. Ser absolutamente livre tem um ônus que poucos se atrevem a pagar."
[Picasso e a arte dos desiguais - pág. 59]


"Mas existe verdadeiramente outro rumo? Na verdade, só existe a direção que tomamos. O que poderia ter sido já não conta."
[Trecho do livro "Quem de nós" de Mário Benedetti na crônica Don Mario - pág.112]


"Repare bem: quase todos os atos de violência são protagonizados por um arrogante que entra em pânico com a palavra "não"."
[Arrogância - pág. 234]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!