fevereiro 11, 2013

por Danielli Guirado

Eu Vi: O Lado Bom da Vida


Direção: David O. Russell
Roteiro: David O. Russell, baseado na obra de Matthew Quick
Elenco: Jennifer Lawrence, Robert De Niro, Bradley Cooper, Julia Stiles, Chris Tucker, Shea Whigham
Duração: 122 min
Classificação: 14 anos

A trama gira em torno de Pat Solatano, um cara que perdeu tudo - sua casa, seu trabalho e sua esposa. Ele agora vive com sua mãe e o pai, depois de passar oito meses preso. O homem está determinado a reconstruir sua vida e voltar com sua esposa, apesar das circunstâncias difíceis de sua separação. Porém, quando Pat conhece Tiffany, uma misteriosa e problemática garota, as coisas se complicam. Tiffany se oferece para ajudar Pat a reconquistar sua esposa, mas somente se ele fizer algo muito importante para ela em troca.


Pat saiu do hospício e foi para a casa dos pais 8 meses após ter uma crise em um problema em seu casamento. Agora, mais magro, e controlando seu temperamento, espera poder deixar tudo para trás e voltar para sua mulher Nikki, a qual tem uma ordem de restrição contra ele, mas ele parece não ligar para estes tipos de detalhes! Em um jantar na casa de um amigo ele conhece Tiffany, viúva depressiva e com tantos problemas quanto ele, encontra em Pat um porto seguro e eles começam uma estranha amizade.



Tiffany então propõe: ela o ajudará a entrar em contato com Nikki se ele ajudá-la em seu concurso de dança entrando como seu par. Pat, desesperado por uma chance com a ex-mulher, topa e os dois começam os ensaios, para desespero dos pais de Tiffany e problemas com seus pais. Logo, esta dança será tudo a que eles podem esperar.

Apesar de todos estarem apaixonados por este filme, ele não me tocou, não como As Vantagens de Ser Invísivel, por exemplo... Achei a abordagem da doença de Pat muito superficial, e estes filmes que a câmera segue o personagem como se fosse uma coisa mais amadora, ou para dar uma cara de "diário", não me agradam muito. Gostei muito das cenas com a Jeniffer Lawrence no papel de Tiffany e quanto mais eles se aproximavam, mais o filme ficava mais legal, principalmente durante as aulas de dança em que ela tenta ensinar a Pat sua dança antes do Concurso Final!



O filme é fofo, dá para dar umas risadas, mas não recomendo ir até o cinema assisti-lo, espere para ver em DVD que valerá mais a pena. Quanto ao livro em que o fillme foi baseado, ainda não li, mas pelo que andei vendo, tem muitas diferenças do filme e parece que é mais emocionante!


Um comentário:

  1. Ah, miga, vou ser obrigada a discordar de você dessa vez!
    Eu adorei o filme, achei que conseguiram passar muito bem a bipolaridade dele, e achei muito justa a indicação ao Oscar de melhor ator, acho que de melhor atriz também. Já melhor filme, achei exagero.
    Eu ri de chorar e achei o final mega fofo, bem previsível, mas muito fofo!

    Te amo, miga!
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!