dezembro 27, 2013

por Danielli Guirado

Resenha: Bridget Jones - Louca pelo Garoto

Autor: Helen Fielding
Editora: Companhia das Letras
Série: Bridget Jones
Volume: 3 de 3 (por enquanto! rs)
Páginas: 440
Nota Skoob: 3/5



Depois de 14 anos, dois livros e dois filmes, Helen Fielding nos traz Bridget Jones de volta!!!! Estou com um bloqueio até agora pra escrever esta resenha, pois o livro foi uma leitura até que divertida e agradável - Helen sabe distrair e conquistar seus leitores -, mas eu esperava muito mais.

Desde seu despontar, Bridget, assim como Becky Bloom, nunca me agradou muito: extremamente atrapalhada, fazendo quinhentas resoluções que nunca cumpre, se metendo em enrascadas óbvias e desnecessárias e, mesmo agora, aos 50 anos, quase nada mudou e isso me incomodou muitooo!! rsrsrsrs

Neste livro, ela está tentando voltar para o "mercado do namoro" que ela achou que tinha abandonado para sempre, e se envolve com um "garotão" 20 anos mais novo, o Roxter. Achei muito legal o relacionamento deles: Roxter compensa um pouco os desesperos e loucurinhas da Bridget e é bem engraçado, mas logo eles vão descobrir que a diferença de idade pesa mais do que querem admitir.

Ao mesmo tempo que tenta recuperar seu coração e sua vida amorosa, agora Bridget tem dois filhos para criar tão fofos quanto pentelhos, e as partes com eles também foram as minhas favoritas. Apesar de toda atrapalhada, Bridget se mostra uma mãe amorosa, presente e até que responsável na medida do possível!! As crianças são muito espertas e metem a Bridget em várias saias justas muito engraçadas!

Um romance fofo desponta mais para o finalzinho da história, para deixar a gente satisfeita dando o tom de chick-lit que esperamos. A leitura foi divertida, distrai e recomendo para quem gosta da Bridget e quer ver seu felizes para sempre (por enquanto! rsrsrss)

Trechos


"Por que os corpos são tão difíceis de gerenciar? ~ Ah! olhe para mim, sou um corpo, vou explodir de gordo a não ser que você, tipo assim, MORRA DE FOME, ande de bicicleta e saia na chuva para ir a humilhantes centros de tortura! ~"
[Bridget - pág. 72]

"Não devia nunca, nunca ter me metido com homens de novo. Eu tinha me esquecido completamente do pesadelo que é essa história de ~ por que ele não me ligou? ~"
[Bridget - pág. 108]

"Quem quer, quer; quem não quer, não quer. Mas pelo menos, sempre é possível comer."
[Bridget - pág. 392]

"Mabel: Por que você ainda está usando o casaco de ontem, manchado de chocolate?

Bridget: Conto quando você crescer...."

[pág. 427]


3 comentários:

  1. Oi! Td bom? Nossa, toda resenha que eu leio desse livro não é favorável ao livro e eu amei ele tanto quanto os outros! hehe
    Eu achei ótimo que a Bridget continua a mesma, a vida passa, mas quem nós somos na essência permanece. E a Bridget na essência é a mesma, toda atrapalhada.
    Ah, isso não é uma crítica, ok? Só estou ansiosa por alguém que tenha gostado do livro hehe não quero ser a única haha
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafa!

      Magina, adoro ler os comentários de pessoas que tenham diferentes pontos de vista na leitura! Faz a gente dar uma segunda olhada, né??

      Eu concordo em partes com vc, mas é q o meu problema com a Bridget tb vem de identificação sabe? Não sou naaada parecida com ela e não consigo conceber que ela toque a vida de maneira meio doida e irresponsável e, estando com 50 anos e dois filhos, eu realmente esperava que parte disso tivesse indo embora sabe?? hahaha
      Mesmo assim o livro foi divertido!
      Super obrigada pela visita!! :D

      Excluir
  2. Estou bem no comecinho da leitura e uma dúvida já me surgiu...
    Em algum momento explica o que houve com o Sr Darcy?

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!