julho 17, 2013

por Danielli Guirado

Resenha: Como ser Legal {Nick Hornby}

Autor: Nick Hornby
Editora: Rocco

Páginas: 307

Nota: 1/5

Kate Carr precisa passar sua vida a limpo. É medica e não consegue ajudar totalmente os pacientes; divide seus dias entre o trabalho, as contas a pagar e um amante sem graça, enquanto o marido, um escritor de colunas maldosas, cuida da casa e das crianças. De um estacionamento, pelo telefone celular, ela resolve, então, pedir o divórcio ao marido. A partir daí, Kate passa a avaliar, de maneira sarcasticamente engraçada, os rumos que sua vida tomou, botando em xeque se ela realmente seria uma pessoa tão legal quanto julgava ser.

Eu nem sei o que esperava deste livro, mas o que vi foi uma coisa maluca e dificilima de acompanhar até o fim! Quase abandonei a leitura váááárias vezes!!! E, sinceramente, me chamem de burra, mas não entendi até agora o que o autor quis passar. Que somos egoístas e não pensamos no próximo? Que ficamos excessivamente concentrados em nossas vidinhas pacatas e sem graça enquanto tem gente morrendo de fome em outra parte do mundo? Todo mundo tem consciência disso, talvez ele poderia passar a mensagem de outra forma menos confusa.

Kate é uma médica que às vezes não consegue ajudar seus pacientes da forma como gostaria e se sente mal por isso. Poxa, será que, mesmo estudando por tanto tempo ela não consegue fazer direito a única coisa que achava que sabia? Então será que isso a tornava uma pessoa que não era legal? Ela era médica, mas se não conseguia ajudar seus pacientes, qual o propósito?

O marido dela, David, vai te despertar ódios e reações "wtf", tantas vezes que você perde a conta e não consegue imaginar o porquê dessa idiota ainda estar com esse zé ninguém que não faz nada da vida. Ela até tenta se divorciar, mas ele diz que não quer e TUDO FICA POR ISSO MESMO! Gente! Muita raiva dessa personagem fracote!

Para completar o quadro, David de repente se associa a um cara chamado "Boas Novas", sim, você leu direito, "Boas Novas", um guru X que cura enfermidades das pessoas apenas com uma massagem: David tinha muita dor nas costas e ele curou; Molly, a filha do casal, tinha uma alergia que nunca sarava, ele curou. E, aparentemente, não há qualquer motivo lógico envolvido, ele só "manda a tristeza da pessoa embora" e com ela, parece que a doença vai junto.

Isso faz com que David se torne o extremissimo oposto do que era, o que em vez de melhorar a situação do casal (e do leitor), só piora. Quando Boas Novas fica sem lugar para morar, David o traz para morar na casa deles e ambos começam todo um movimento de "salvar o mundo" e "abrir os olhos das pessoas" para a necessidade do outro.

Não me levem a mal, não sou uma sem coração darwinista que acha que o mundo é dos mais fortes e quem não soube se "adaptar" deve aceitar seu destino. Muito pelo contrário. Mas o autor coloca os personagens em momentos tão ridículos para provar o ponto de que somos egoístas e não movemos uma palha para ajudar ninguém (na opinião dele, doar todo seu salário para a caridade e trazer moradores de rua para seu quarto sobressalente.), que você acaba não sendo tocado nem um pouco por essa ou por qualquer outra mensagem que ele queira te dar.

Me disseram que os outros livros dele são melhores, mas agora estou até com medo de tentar! rsrs Este, infelizmente, não funcionou para mim.

Trechos

"Antipatizar com um marido pode ser considerado infortúnio, mas antipatizar com dois já parece desleixo."
[Kate - pág. 81]

"Casar - ou encontrar alguém com quem queiramos ter filhos e passar o resto da vida - faz parte da nossa agenda. Se isso nos for tirado, só sobrarão as promoções profissionais e possíveis prêmios lotéricos, que não bastam."
[Kate - pág. 113]

"Não é preciso ser viciado em heroína ou poeta performático para vivenciar emoções extremadas. Só é preciso amar alguém."
[Kate - pág. 144]

"Desconfio que não é a cristandade que é tão sedutora e sim o renascimento. Pois quem não gostaria de começar tudo de novo?"
[Kate - pág. 230]


2 comentários:

  1. Jesus amado!
    Que medo desse livro!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro quando vc tava lendo o livro ainda e aprecio sua coragem de terminá-lo hehe.

    Amo!

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!