outubro 04, 2011

por Danielli Guirado

Resenha: Feios {Scott Westerfeld}

Ano: 2010
Páginas: 416
Volume: 1 de 4
Editora: Galera Record
Classificação:  5/5

Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir. Mas sua nova amiga, Shay prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge as autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.


Quase todas as resenhas que eu li sobre Feios, o comparava a Admirável Mundo Novo, que eu nunca li. Então entrei nesse mundo da Tally e seus amigos pela primeira vez. Scott cria uma Terra ordeira e obediente, onde os seres humanos vivem em suas “cidades-bolha”, felizes e contentes em todas as fases da vida e nós, do século XX, somos chamados de Enferrujados, porque dependíamos muito do ferro e do petróleo e isso que nos matou!! rsrs.

Tally ainda é feia, pois tem que completar 16 anos para realizar a operação da perfeição e ir morar em Nova Perfeição com seu melhor amigo Peris. Sozinha em Vila Feia e na espera angustiante, encontra Shay, que também ficou para trás e faz aniversário no mesmo dia que ela! Só que Shay não quer se tornar perfeita, ficar igual a todo mundo e viver apenas festejando, e convida Tally para essa sociedade, chamada Fumaça, onde eles vivem ao ar livre, fazem suas próprias roupas e caçam a própria comida.

Tally não vai, e quando finalmente vai fazer sua operação, os Especiais se negam, propondo que ela encontre Shay e denuncie o paradeiro da Fumaça. Ela aceita e parte em busca da amiga. Quando chega à cidade tudo é um choque para ela, desde as crianças feias como ela, até adultos que nunca passaram pelas operações. São muito engraçados seus comentários de como o chefe da Fumaça é “enrugado” parecendo que vai desmanchar.
Tally então começa a entrar na rotina e descobre muitas coisas preocupantes acerca de sua cidade e sobre a operação, conhece e fica amiga (e um pouco mais...) do menino que nunca esteve em uma cidade, David, que a ensina tudo para viver bem em um lugar como a Fumaça. Ela não esqueceu o acordo com os Especiais, mas, ao conhecer melhor este estilo de vida começa a não ver motivos para destrui-lo.

Tally então fica entre a cruz e a espada e a decisão que toma acaba por desencadear centenas de eventos emocionantes e angustiantes!! Já li a série toda e amei!! Scott descreve muito bem a “Nova Ordem Mundial” e todas as diferenças entre as nossas vidas e a dos Feios e Perfeitos. O que eu adorei mesmo é que em cada livro, ele mostra o ponto de vista de cada uma das “espécies”. Em Feios ele te convence que a vida como Perfeito em Nova Perfeição é um absurdo e que o melhor é ficar Feio para sempre ir para a fumaça e virar Enfumaçado. Já em Perfeitos e, principalmente, Especiais, você fica totalmente dividido e em dúvida de quem é do bem, quem é do mal, o que é bom e o que é ruim!

Mas acho que foi exatamente essa mensagem que o autor quis passar (uma delas pelo menos!): apesar da ficção, não existe bem ou mal, certo ou errado e sim escolhas! A vida de Tally muda completamente porque ela escolhe ter escolhas! Todos no livro tomam decisões x ou y porque acreditam piamente e até logicamente, às vezes, que o seu modo, a sua escolha, é o melhor!

E por aí, alguém leu Feios? O que acharam?

Bjokas

Dani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!