outubro 19, 2011

por Danielli Guirado

Resenha: Cheio de Charme {Marian Keyes}

Autor: Marian Keyes
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 784
Nota Skoob: 3/5

Cheio de Charme tem 784 páginas e durante elas, mudei de opinião constantemente sobre o livro! Você também demora muitooo para ler. Eu, pelo menos, demorei três semanas!! Um recorde, como o namorado não cansa de me lembrar, e ele fala que ainda assim é só porque li outras coisas (revistas! =P) no meio disso e porque íamos juntos para o metrô de manhã e aí eu não lia!! Hauauhaa

Na verdade eu demorei também porque o começo é meio chatinho, arrastado e a narrativa começa daquele jeito que detesto: com períodos curtíssimos! “Levantei. Silencio. Medo do silêncio”. E por aí vai!!!

Por outro lado, foi uma sacada e tanto que a autora teve para dividir a narrativa da história! Como outros livros da Marian o livro conta a história de quatro mulheres, interligadas por um homem: Paddy de Courcy, o personagem mais horrível, nojento e repugnante que já “conheci” e que ao mesmo tempo é, como descrito no livro, lindo, elegante, charmoso e sexy!! Na narrativa de cada uma, o estilo da escrita, a grafia e a impressão muda, como se todas estivessem escrevendo cada uma em seu diário:

Lola: consultora de estilo em Dublin é namorada do Paddy quando descobre pelos jornais que ele irá se casar... e não com ela (antes que me matem, não é spoiler! Isso ta na aba do livro! Hehe)!. O livro começa por ela, e é a história dela que tem os tais períodos curtos! Lola me pareceu uma personagem forte, mas a partir do momento que acontece essa “tragédia” na vida dela ela se mostra super frágil e dada às humilhações das rejeitadas!  Começa a estragar tudo no trabalho, abrindo espaço para sua super competente assistente Nkechi! A conselho e livre e espontânea pressão dos amigos, Lola sai de Dublin para um período sabático no interior da Irlanda para se “recuperar”! Enquanto isso, Nkechi se propõe a “cuidar” do negócio delas. Nessa hora tive um alarme de perigo até, mas as coisas se resolvem de um jeito que eu não esperava!

Em County Clare, Lola, após uma rejeição inicial, começa a ficar amiga dos “caipiras” do povoado, cria uma rotina, inclusive com um clube secretíssimo de sexta-feira e passa a espionar seu vizinho, Rossa Considine, todas as manhãs (por que ele usa touca e óculos de natação em casa? Aquilo é um carro ecológico? Quem era a menina linda vestida em um noiva da Vera Wang? Por que ele está queimando o noiva da Vera Wang????). Enquanto isso Lola também tem muito tempo para pensar em sua relação com o Paddy, no começo nos é passado o quanto ela sente falta dele, aos poucos os discursos vão mudando e nossas expressões de horror e espanto vão surgindo!

Grace: de longe a personagem de que mais gostei! Grace é jornalista, ativa, forte e de uma opinião dura, vive com Damien, também jornalista, numa relação fofa e leve! Irrita muito a confiança que ela tem, quando a ex-mulher, Juno, retorna para a vida dele! Quando ela começa a ficar desconfortável, para de ir aos encontros, mas libera ele de boa para se encontrar com ela quando quiser! Fiquei besta! Hehehe
Entretanto, a relação deles tem um fantasma que vai deixando o relacionamento desvanecer, eu nada perceptiva só me toquei quando a personagem começa a falar sobre isso mesmo! Fiquei feliz como as coisas se resolvem, mas ao mesmo tempo achei meio irreal!

Marnie: irmã gêmea de Grace, é casada e tem duas filhas. Grace e Marnie são muito ligadas, daquele jeito que sempre falam que os gêmeos são, mas Marnie não tem nada a ver com a irmã, chega a ser extremamente chata com sua autopiedade, pessimismo e falta de compromisso. A história dela começa a ficar mais interessante lá para o meio do livro, quando a autora começa a nos mostrar um problema bem sério dela que eu nunca havia lido pela perspectiva do próprio personagem! Inclusive ela constrói de uma forma que você pensa que é um tipo de problema, mas é outro completamente diferente! Cenas bem fortes e vezes em que você se pergunta: mas como ela consegue ficar assim? Como ela não se importa? Nem as filhas importam? Como ela deixa isso acontecer?

Alicia: logo no começo você percebe que ela, de alguma forma, conhece Marnie e Grace e tudo vai se explicando. Alicia é A noiva! Depois de tanto tempo conseguiu o que sempre quis: Paddy de Courcy. A autora não dedicou muito espaço do livro a ela, talvez até para reforçar um dos desabafos da personagem de sempre estar em segundo plano e, agora que é noiva do político mais influente da Irlanda, esses tempos terem acabado. A única coisa marcante que percebi na personagem foi uma neurose extrema em ficar perfeita!, sem nenhum fio de cabelo fora do lugar ou excesso de corretivo perto dos olhos!

De maneira geral, acabei gostando muito do livro! Marian trata dois problemas que sempre são atuais e muito sérios: o alcoolismo e a violência doméstica! Percebi que ela tentou tratar da forma mais real possível cada um deles, e não escreveu os finais esperados e felizes de cada um. No que concerne à violência doméstica, você fica surpresa e morrendo de raiva dos relatos das mulheres que tentaram denunciar e foram tratadas com indiferença e até ridicularizadas e não acontece nada com o culpado. Aqui no Brasil, graças à Lei Maria da Penha e às Delegacias da Mulher, a situação já é um pouco diferente e você acaba se esquecendo de que lá não é o Brasil!

Pelo que consegui pesquisar, eles possuem uma lei sobre violência doméstica que abrange todo o Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte), mas não é especifica para a mulher (clique aqui para saber mais!).

Recomendo muito a leitura, principalmente quando você não puder comprar livros no momento, porque vai te ocupar por muito tempo!

8 comentários:

  1. Que post role!!!!! UAhUAHUAhU
    Ah e esse negócio de os comentários chamarem resenhas, me perdi, não sabia mais como comentar UAhUHAu... E finalmente você vai deixar esse livro/arma em casa, não dava nem pra brigar com vc. Vai q vc vm pra cima com esse livro UAHuHAu

    ResponderExcluir
  2. Oiê!

    Coloquei na minha listinha de "Vou ler" que a cada dia cresce mais!

    Beijinhos,
    Evy

    ResponderExcluir
  3. Daniii!
    Aiii quero ler esse livro!
    O primeiro livro que li da Marian foi É agora ou nunca e suuper me identifiquei! vc já leu?

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Dani , vc já leu Férias da Marian Keyes ? É bom ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jk!

      Já li sim!! Faz parte da "série" das Irmãs Walsh e nesse quem a gente conhece é a Rachel e seu problema com drogas! Não é o meu favorito, mas gostei sim!!! Os livros que tem as irmãs Walsh são os que mais gosto da Marian! =] Só não tem resenha no blog, porque li antes de criá-lo! =]

      Excluir
    2. aa , se vc gostou vou colocar na minha lista : P
      dani , eu queria que vc me desse umas dicas de livros rápidos de ler , eu tô super sem tempo e todos os livros da biblioteca da minha escola são enoooormes D:

      Excluir
    3. Oi, Jk!

      Desculpe a demora! Estou mega na correria tb!! rsrs

      Depende muito do seu gosto, mas em biblioteca de escola acho que dá para encontrar a série Os Karas do Pedro Bandeira! É um infanto-juvenil super divertido e bem facinho de ler! Tem resenha do primeiro, o Droga da Obediência, aqui no blog!

      Fora da sua biblioteca tem os livros da Paula Pimenta, séries Fazendo Meu Filme (4 livros) e Minha Vida Fora de Série (2 livros), são incríveis e a leitura é mega rápida porque dá para se envolver muito! Também tem resenha no blog de todos! =]

      Uma trilogia rapidinha que gostei muito tb é a Wake! O primeiro livro li em quatro horas e é sobre uma menina que tem o dom de entrar nos pesadelos das pessoas e ajudá-las a lidar com eles! Muito legal! Também tem resenha no blog do primeiro e do segundo! =]

      Espero ter te ajudado! =]

      bjaum!

      Excluir
  5. Que bom que achei essa resenha, porque nao cheguei na parte da Grace e achei que o livro estava com problemas kkk, não entrndi nada, mas vou voltar a ler então,

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!