novembro 28, 2011

por Danielli Guirado

Resenha: Como ser um Pirata {Cressida Cowell}

Autor: Cressida Cowell
Série: Como Treinar o Seu Dragão
Volume: 2 de 7
Editora: Intrínseca
Páginas: 224
Resenhas Anteriores: Como Treinar o Seu Dragão
Nota Skoob:  3/5


Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo. Principalmente se têm como companheiro um dragãozinho teimoso e mal-educado. Nesse novo livro arrepiante, Soluço conta mais uma aventura do inicio de sua história - quando ele ainda tinha muito o que aprender sobre como usar uma espada, sobreviver a naufrágios, escapar de dragões homicidas e desvendar os mistérios de um tesouro pirata muito bem escondido...

Neste livro, Soluço ainda está em treinamento para se tornar um pirata viking e sucessor de seu pai, entretanto vai muito mal em todas as matérias do seu curso, principalmente na luta com espadas que ele tinha uma esperança de ter um talento escondido herdado de seu antepassado e antigo líder viking: Barbadura, O Terrível!

Durante o treinamento de como lutar no mar, Soluço e Perna-de-Peixe se envolvem na maior confusão de todas e encontram uma caixa, mais parecido com um caixão em que está escrito que é propriedade de Barbadura, O Terrível e não deve ser aberta, pois guarda um horror inimaginável! Lógico que os vikings nem ligam para isso e abrem a caixa e o que encontram vai dar início a mais uma aventura mega perigosa em busca dos segredos de Barbadura!

Mais uma vez a história não me animou muito, mas gstei de coisas bem pontuais: Soluço descobre uma característica nova sua - e muito importante, diga-se de passagem, sem querer me gabar, mas pessoas com a característica que ele descobre que tem são muito especiais!!! hihihi:

"Imagine se voce passasse toda a primeira parte de sua vida tentando andar sobre suas mãos. toda a confusao que isso lhe causaria, sempre caindo, sempre tropeçando, sempre o ultimo em tudo. Imagine a alegria de descobrir finalmente que voce pode andar sobre os próprios pés. Foi mais ou menos assim que soluço se sentiu ao lutar (...) pela primeira vez."

Uma outra coisa que gostei, foi a mensagem, bem mais clara, que a autora  passou durante o livro e ao final deste, nas palavras de Barbadura e de Soluço

"(...)..farei isso esperando que alguém longe, longe no futuro, o encontre em tempos mais civilizados do que aqueles em que vivi, nos quais os homens possam ter coisas bonitas, perigosas e saibam usá-las sabiamente."


Fãs

We Heart It

Muito Pouco Crítica


Um comentário:

  1. Dani,


    Obrigada pelo comentário...acho que vc é minha fã nr. 1...rsrsrs
    Adoro qdo vc comenta, pois é como se vc estivesse pertinho...
    Esse papel só tem nessa cor..puxa para o azul e marrom..é uma linha de viagem...
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!