maio 28, 2012

por Só Lendo

Resenha: Ponte em Chamas - Rangers Ordem dos Arqueiros {John Flanagan}


Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento
Série: Rangers Ordem dos Arqueiros
Páginas: 224
Volume: 2 de 11
Resenhas Anteriores: Rangers 1

Nos últimos quinze anos, o temível Morgarath conseguiu reunir um enorme exército de criaturas implacáveis, os Wargals. Eles não temem nenhum inimigo e são controlados mentalmente pelo próprio Morgarath, o Senhor da Chuva e da Noite. Pego de surpresa, o Reino de Araluen se vê diante de uma guerra. Enviado em uma missão, o jovem arqueiro Will parte acompanhado do grande amigo e espadachim Horace e do habilidoso Gillan. Os três guerreiros contarão também com a inusitada ajuda da misteriosa e bela criada Evanlyn Wheeler. Nessa jornada, Will colocará à prova todos os ensinamentos de coragem e aptidão transmitidos pelo seu mestre, o famoso arqueiro Halt. Mas o que o jovem não imagina é que ficará frente a frente com o tenebroso Morgarath e que poderá ser o responsável por mudar o rumo da eminente batalha.


Após ajudar a derrotar os Kalkaras, Will se tornou uma pequena celebridade em Araluen, sem gostar de toda essa atenção! Mas agora, Araluen está em guerra com Morgarath e Will, junto com Gilan, ex-aprendiz de Halt e Horace, foram designados para ativar o acordo de defesa mútua entre Céltica e Araluen, que precisará de todo o apoio que puder, após descobrir alguns planos de Morgarath que vazaram.

A viagem dos três jovens é tranquila na medida do possível e Gilan vai ensinando aos aprendizes algumas técnicas que sabe, inclusive a Horace, pois Gilan é o único arqueiro na Corporação que recebeu permissão especial para portar uma espada.

Quando finalmente chegam em Céltica, a cidade parece vazia e logo os três tentam investigar o que aconteceu, conseguindo a informação de uma fonte inesperada: Evanlyn, uma criada que estava com sua patroa em visita a amigos. Ela conta que seu grupo, e a cidade, foram atacados pelos Wargals de Morgarath. Eles estavam atrás principalmente dos mineiros, levando-os como prisioneiros. Gilan então, parte rapidamente para dar as novas notícias ao Rei Duncan e deixa Will no comando para levar Horace e Evanlyn de volta a Araluen. 

No caminho, o grupo depara com um grupo de Wargals levando alguns mineiros e decidem segui-los para descobrir mais acerca dos planos de Morgarath. Ao chegarem às Montanhas da Chuva e da Noite, os três descobrem que Araluen está bem longe de estar preparada para esta guerra!

Os boatos do envolvimento dos mercenários Escandinavos são verdadeiros e Will descobre ainda outras informações que, se não forem entregues com a máxima urgência ao rei Duncan, será o fim de Araluen, mas antes Morgarath tem o plano perfeito para fazer passar pelas Montanhas da Chuva e da Noite um exército enorme e Will quer impedir custe o que custar que isso aconteça, mesmo que custe sua liberdade ou sua vida!

O segundo livro da série Rangers mantém as mesmas qualidades do primeiro, com muito mais tensão e ação. E como agora você já conhece a maioria dos personagens, começa a eleger seus favoritos! Apesar de que, confesso que até hoje não consegui escolher os meus! Todos os personagens são muito apaixonantes à sua maneira e, neste livro em especial, finalmente conhecemos dois essenciais: o justo e bravo Rei Duncan de Araluen e o vil assassino Morgarath!

A Evy e a Fernanda se assustaram com o tamanho da série, com 11 livros, e imagino que muitas outras pessoas devem ter sentido o mesmo! Calma! Rangers carrega aquele tipo de história que você torce por mais páginas, mais livros e mais aventuras a cada um que lê!! O único conselho que dou é ir variando os livros, leia o primeiro e algum outro que você estava querendo e aí volte para o segundo, para não enjoar da escrita do autor, pois isso acontece mesmo!

Mas leia Rangers!! E depois volte aqui e me conte quando você virar fã!

Trechos

“Não mostre nenhum sinal de que está inseguro. Acredite em si mesmo e eles também acreditarão em você”
[Gilan para Will – pp. 85]

“Eu sou o rei. E, para o rei, assuntos particulares vêm em último lugar. Questões do reino vêm em primeiro.”
[Duncan – pp. 140]

“Essa batalha será resolvida na sorte. Esse é o problema com planos inteligentes! Se faltar um elemento, toda a coisa pode desabar.”
[Erak – pp.161]

“Não havia dúvida de que aquela voz fria e perversa pertencia a Morgarath. Ela soava como se estivesse envolta em gelo e ódio. O sangue gelava quando a ouvia.”
[Narrador – pp.170]

3 comentários:

Vitinho disse...

Muito bom esse livro, o final é surpreendente, vc termina babando pra ler o terceiro hehe. E a resenhaficou super legal!
Bjs. Te amo!

Luigi Filipe Bonvenuto disse...

Aconteceu comigo o que você disse kkkk vire fã mesmo. Parabén pela resenha, ficou ótima.

Unknown disse...

Muito bom esse livro li ele umas duas vezes já

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!