junho 14, 2012

por Danielli Guirado

Resenha: Alta Tensão {Harlan Coben}

Autor: Coben, Harlan
Editora: Arqueiro 
Páginas: 272
Classificação: ♥♥♥

Uma mensagem anônima deixada no Facebook da ex-estrela do tênis Suzze T põe em dúvida a paternidade de seu filho. Grávida de oito meses, ela pede a ajuda de seu agente e amigo Myron Bolitar para descobrir o responsável por essa intriga e trazer de volta seu marido, o astro do rock Lex Ryder, que saiu de casa depois de ler o texto. Descobrir o paradeiro de Lex não é tarefa difícil para um ex-agente do FBI. Mas, na mesma boate onde o encontra, Myron é surpreendido ao ver Kitty, a mulher que fugiu com seu irmão, Brad, e o afastou para sempre da família. Tentando ajudar a amiga e reencontrar o irmão mais novo, Myron se vê preso numa rede de segredos obscuros que põe em risco as pessoas que ele mais ama. Agora, só a verdade poderá salvá-las. Mas, para que ela prevaleça, nenhuma mentira pode restar – seja ela de Suzze, Lex, Kitty ou do próprio Myron.

Myron Bolitar, ex-estrela do basquete, é agente de diversas personalidades do esporte e da música e detém o poder, junto com seu amigo zilionário, Win, da empresa MB Representações. Entre seus agenciados estão os amigos casados Suzze T, a ex-estrela tenista e Lex Rider, um dos vocalistas da banda HorsePower. Suzze, grávida de 8 meses, aparece no escritório de Myron com uma página de seu facebook onde foi deixado um simples recado anônimo: "não é dele". Suzze comenta que, ao ver isso, Lex saiu de casa e sumiu. Suze então pede a Myron que o encontre.

Mas, o que um simples recado anônimo poderia ter de consequência? Não seria mais fácil ignorar? Fazer um teste de DNA? Com certeza deve ser de alguém que não gosta de Suzze, seu sucesso e casamento, certo? Pensando exatamente nisto, Myron vai atrás de Lex e o encontra em uma boate e também vê Kitty, sua cunhada que há muito tempo sumiu com seu querido irmão Brad após desentendimentos entre os três. O que Kitty estaria fazendo ali? Por quê? E onde está Brad? Será que ele nunca perdoou o irmão?

Comprei este livro aproveitando várias vendas que fiz em um sebo e como a Evy já tinha me recomendado muito o autor, estava com expectativas muito altas. Quando comentei com ela que tinha comprado, ela falou que este é um dos mais chatinhos dele, ahuahuah. #nãodousorte

Realmente o livro, apesar de um suspense bem amarrado e incrível em certo ponto, não é muito animado, a leitura às vezes era bem vagarosa e não era daqueles livros de prender você no "só mais uma página antes da bexiga explodir" rsrs. Você insiste na leitura porque quer saber o que raios aconteceu entre Suzze e Lex de verdade; onde está o lendário Gabriel Wire, o outro vocalista da HorsePower que, dizem, virou um recluso após a morte de uma fã de 16 anos em seu apartamento; o que Kitty faz de volta aos EUA e onde está Brad? E o que aconteceu entre os irmãos para deixar tantas mágoas por 16 anos?

Os personagens, junto com a escrita do autor, é que acabam compensando as partes chatas: Myron e Win são muito inteligentes, Win é a graça da dupla com sua personalidade bem humorada e pornográfica; o pai de Myron, o Sr. Al Bolitar me encantou com sua sabedoria e ensinamentos mesmo ao filho já adulto. Harlan Coben escreve de um jeito gostoso, conversando com o leitor, tirando sarro de seu próprio modo de escrever. Gostei de ele ter mostrado este "outro lado" das "celebridades": muita sujeira é feita e escondida em nome do dinheiro e do poder e muito do que é descrito no livro me deixou, ingênua ainda que sou, de boca aberta do que o ser humano ainda é capaz para ser o melhor e sair por cima. De preferência pisando forte em alguém pelo caminho.

Não li os outros ainda, a Evy já falou que me empresta, hehehe, mas recomendo a leitura para quem já leu todos os outros do autor e quer ler sobre mais mistérios criados por Harlan Coben!

Trechos

"Tenho a sensação de que alguém estacionou uma escavadeira na minha bexiga. Acho que as mulheres gostam de estar grávidas porque se sentem especiais por isso. Como se virassem uma celebridade. A maioria delas passa a vida sem receber muita atenção mas, quando está grávida, é tratada como rainha. Pode parecer um comentário maldoso, mas as grávidas gostam dessa atenção. E eu já tive minha cota de atenção na vida, eu acho."
[Suzze T. - pp.10]

"A verdade é que, na melhor das hipóteses, os pais são como mecânicos de automóveis dos filhos. Nós podemos regular o motor e verificar o nível da água. Podemos trocar peças, checar o óleo, fazer uma revisão geral antes de colocá-lo na estrada. Mas o carro continua sendo o carro."
[Al Bolitar - pp. 62]

"Era incrível o que acontecia aos seres humanos - mesmo seres tão desumanos quanto Frank Ache - quando ficavam sozinhos: desenvolviam uma carência por outros seres humanos."
[Narrador - pp. 120]

"Todos nós seríamos capazes de matar um milhão de desconhecidos para proteger as poucas pessoas que amamos... e qualquer um que disser o contrário é um mentiroso."
[Frank Ache - pp.125]

"A morte faz a pessoa parecer vazia, oca, como se tudo houvesse ido embora, como uma casa subitamente abandonada."
[Myron - pp.137]

"Não é bom ficar apegado demais às coisas. Porque, no final das contas, só mesmo a pessoa amada é capaz de fazer o mundo desaparecer (sim, ele sabia quanto isso era cafona)."
[Myron - pp. 143]

"Quando você voa de avião particular, vai de carro até a pista, sobe a escada e pronto, é só decolar. Como Win gostava de dizer: é bom ser rico."
[Myron - pp. 219]

"A verdade pode aproximar as pessoas, mas também pode ser mais do que elas podem suportar."
[Lex Rider - pp. 235]

"Ninguém é à prova de balas. A verdade é que, quando os melhores caíam, em geral era com um só golpe. Se uma bomba for jogada em cima da sua casa, pouco importa que você tenha habilidades em combate corpo a corpo - você morre e pronto."
[Narrador - pp. 248]

3 comentários:

  1. Oi, Dani!
    Só li Cilada do Harlan e adorei. Espero ler outros livros dele, mas vou deixar esse no final da fila, já que é dos mais chatinhos.

    Beijos,
    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi amore!!!
    Fiquei toda me sentindo quando vi meu nome ali no topo do novo gadget! <3

    Olha, realmente, esse foi um dos mais fracos e que eu demorei mais tempo pra ler, foram 15 dias pra concluir, mas a sua resenha está demais (é, eu sou suspeita, né?)

    Gostei da forma como você pontuou a sua opinião e os trechos escolhidos foram muito bons!

    Eu morro de rir com o Win e adoro o jeitão do Myron, às vezes tenho vontade de levar os dois pra casa... huahauahauahuahau

    Quando a sua lista diminiuir, ou quando sentir vontade, me avisa, tenho todos os livros dele já lançados aqui no Brasil!

    Muitos beijinhos,
    Evy

    PS1.: eu é que agradeço o seu carinho
    PS2.: gostou da 'catigoria'? huahauahaua

    ResponderExcluir
  3. Ficou muito legal a resenha! Da vontade ler só pelo humor do Win, além disso, deve ser muito bom ser rico mesmo UAHuHAuhAUUAU.

    Te amo!

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!