novembro 15, 2012

por Danielli Guirado

Resenha: Cidade de Vidro {Cassandra Clare}


Autor: Cassandra Clare 
Editora: Record
Paginas: 476
Volume: 3 de 5
Resenhas Anteriores: Cidade dos Ossos


Em busca de uma poção para salvar a vida de sua mãe, Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras. Mas à medida que se aproxima de Ragnor Fell, o feiticeiro que pode curar a mãe, ela descobre segredos sobre seu passado e o de Jace. Clary só não imagina que está prestes a participar de uma batalha épica, na qual Caçadores de Sombras e integrantes do Submundo terão que se unir se quiserem sobreviver.


Mais uma vez, como vai demorar para eu reler o segundo livro Cidade das Cinzas, vou publicar a resenha deste terceiro, Cidade de Vidro que está nos rascunhos há muito tempo! Se você quiser ver uma resenha do segundo é só clicar no nome do livro que deixei o link de uma resenha em um dos meus blogs preferidos!

Após a batalha no navio, mais coisas mudaram para Clary: Simon descobriu um novo "poder"; ela descobriu onde achar a pessoa que pode despertar sua mãe e está de malas prontas para Idris, a Cidade de Vidro, lar original dos Caçadores de Sombras e Sede da Clave, seu governo.

Jace, no entanto, tem outros planos: não quer que ela se aproxime de jeito nenhum de Idris ou da Clave e tenta deixá-la em Nova York. Mesmo assim, Clary encontra um jeito de ir e vê em Sebastian, um amigo dos Lightwood, um possível aliado para sua busca. Mas o que é essa sensação quente de reconhecimento que sempre a assalta quando o vê?

No meio dos dramas individuais, Valentim se pronuncia mais uma vez e coloca em xeque a organização do mundo até então. Caçadores de Sombras e integrantes do Submundo consideram unir suas forças contra esse inimigo comum com a participação de Clary e seus poderes únicos que vão transformar o conceito de união em Idris para sempre.

Cassandra novamente nos dá um livro que não conseguimos parar de ler um minuto! Muita coisa é revelada neste volume; há muitas reviravoltas; uma tragédia inesperada e novos relacionamentos surgindo. Outra coisa que gostei muito foi a mudança no Alec. Neste livro ele já tem 18 anos, mas foi a primeira vez que o considerei mais velho que Isabelle e realmente um Caçador de Sombras. Ele participa ativamente das lutas; defende os irmãos e toma as decisões mais sensatas.

Com um mundo e história deliciosos, a série Instrumentos Mortais me conquista mais a cada volume e o quarto da série, Cidade dos Anjos Caídos acabou de sair, agora em outubro, e o teaser trailer do primeiro filme, Cidade dos Ossos com Lilly Collins como ClaryJamie Campbell-Bower como Jace (eca!) saiu fresquinho hoje e está previsto para estréia em agosto de 2013! Uma longa espera, mas por enquanto vamos ficar com água na boca?





Trechos

"A criança nascida com este sangue queimará a própria humanidade, como o veneno queima a vida que há no sangue."
[pág. 185]

"Deus sabe, não quero ninguém além de você. Sequer quero querer alguém além de você!"
[Jace - pág. 192]

"Ele tinha ficado parecido com um gato, pensou Clary, sempre procurando espaços ao sol para se ajeitar."
[pág. 264]

"As pessoas não nascem boas ou ruins. Talvez nasçam com tendências a um caminho ou outro, mas é a maneira como se vive a vida que importa."
[Simon - pág. 266]

"Fazer a coisa certa por amor às vezes é um saco."
[Clary - pág. 373]

Um comentário:

  1. Amiga, você tem o dom de me fazer querer ler todos os livros que você resenha!
    Quando vi esse livro na Saraiva pirei na capa, e agora pirei na sua resenha!!!

    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!