setembro 22, 2014

por Danielli Guirado

Resenha: Encarcerados {Alexander Gordon Smith}

Autor: Alexander Gordon Smith
Editora: Benvirá
Série: Fuga de Furnace
Volume: 1 de 5 (até o 3 no Brasil)
Páginas: 296
Nota Skoob: 4/5


"A obediência é a diferença entre a vida, a morte e outras variedades de existência ofertadas aqui em Furnace."
[Diretor - pág. 128]


Há muito tempo atrás, a Pâm indicou muito este livro e fiquei com ele na cabeça. Finalmente consegui pegá-lo no Skoob (estou com muita sorte este ano, achando os livros que quero há muito tempo! Hehehe) e fiquei bem feliz!!

Em Encarcerados, Alex Sawyer é um delinquentezinho juvenil que rouba casas com seu amigo Toby. Um dia, eles são surpreendidos em uma casa por homens de terno preto e um homem assustador em particular com uma máscara de ar medonha. Bem na frente de Alex, os caras matam Toby e o incriminam do feito. Alex então é mandado para o inferno para nunca mais sair: a prisão de Furnace.


"Sempre achei que, se houvesse um Deus, teria me impedido de fazer coisas ruins, mas não houvera nenhum sinal, nenhuma advertência. Até aquele momento, é claro!"
[Alex]

Furnace foi construída dentro de uma cratera há muitos km da superfície para "receber" assassinos juvenis depois do que foi chamado de O Verão do Massacre em que 15 garotos assassinaram 40 pessoas em uma escola!

"[Na solitária..] Depois de um dia você vai ficar louco. Após dois dias, acha que está no inferno. Depois de três, você perde um pequeno pedaço de si mesmo que jamais vai conseguir recuperar."
[Donovan - pág. 78]

Incriminado, assim como outros garotos, Alex descobre aos poucos que foi mandado para o inferno na Terra onde ninguém se importa com o que acontece com ele ou os demais detentos. Para o mundo, eles estão mortos e Furnace pode fazer o que quiser com eles para sempre!

Com muita agonia durante todo o livro, a leitura de Encarcerados foi diferente do que eu esperava, mas não me decepcionou! O livro gira em torno de Alex e da prisão, vamos conhecendo junto com ele como tudo funciona e cada um dos horrores que Furnace encerra - cada um pior que o outro! Foi uma história super diferente, que me prendeu e gostei bastante!!

"Parte de você logo se esquece do mundo lá fora. Há apenas estar ou não encarcerado, e não estar - ficar no pátio, na sala do cocho, no trabalho pesado - faz você se sentir mais livre do que em uma cela de dois metros quadrados."
[Alex - pág. 93]

Por enquanto não há muitas explicações sobre tudo que acontece, mas já vi que nos próximos livros vamos sabendo mais e a coisa vai pegar de verdade!!! Eu gostei muito e super recomendo o livro!! Para fazer uma coisa diferente, além dos trechos que marco, vou colocar também as capas dos outros volumes que vão ficando piores que essa (no sentido de "agonia") e para vocês verem a ordem!!!!




Trechos Favoritos


"Nunca dei um soco em todo meu tempo de escola. Mas minha atitude não me tornava nem um pouco melhor que os garotos e garotas que sujavam as mãos. Tornava-me pior - pelo menos lutar com os próprios punhos tinha uma espécie de nobreza."
[Alex - pág. 13]


"Certamente as mães tinham o poder de fazer qualquer coisa ir embora."
[Alex - pág. 34]



"Nenhuma das coisas que eu vira nos filmes funcionaria ali, mas isso não era, na verdade, uma surpresa. Afinal, a televisão não é a vida real."
[Alex - pág. 169]

*
*
*
Vamos conversar mais!! Instagram Facebook ~ YouTube ~ GooglePlus ~Twitter ~ Skoob

Um comentário:

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!