março 16, 2015

por Danielli Guirado

Resenha: Razão e Sensibilidade {Jane Austen}

Autor: Jane Austen
Editora: Nova Cultural
Páginas: 366
Tradutor: Therezinha Monteiro
Nota Skoob: 4/5

Finalmente comecei a ler o trabalho da diva Jane Austen e pude constatar o que muuuita gente já sabe: que incrível é sua escrita!!

Adorei ser transportada para a Inglaterra dos séculos XVIII e XIX e ver como a vida das mulheres naquela época era tão mais difícil em alguns aspectos e que coisas que eu faço normalmente (como trabalhar, votar, namorar em público) hoje, seriam vistos como um grande escândalo.

"Não é o tempo nem a ocasião que determina a intimidade, mas sim e apenas a disposição."
[Marianne]

Em Razão e Sensibilidade conhecemos as três irmâs Dashwood e sua mãe após o falecimento do pai. Como ele possui um filho de casamento anterior, toda sua herança terá que ir para este filho, já que naquela época as filhas mulheres não podiam receber herança por lei. =/

O pai bem que tenta, em seu leito de morte, fazer o filho prometer que não deixaria suas meia-irmãs e madrasta desamparadas, mas o idiota do filho, apesar do coração bom, é um burro e totalmente dominado pela esposa ardilosa e mesquinha.

"A Sra. Willoughby merece sua consideração, seu respeito, enfim. Ela deve amá-lo muito ou não teria se casado com o senhor. Tratá-la com descortesia, falar dela com desprezo não é uma compensação para Marianne e acredito que também não traga alívio algum a sua consciência."
[Elinor]

As Dashwood, que não são de esperar esmolas de ninguém, conseguem um chalé para viver. Lá, Marianne e Elinor, as duas irmãs mais velhas vão conhecer o amor, a decepção e fortalecer muito seus laços uma com a outra! Elinor, a mais velha, cuida mais da família e da mãe e ao mesmo tempo se mantém forte frente os problemas que enfrenta. Mais nova e filha do meio, Marianne é a alegria da família, viva e "atrevida", fala tudo que pensa e não consegue disfarçar quando não gosta de alguém, o que coloca a família em algumas saias justas e o leitor se diverte demais! hehe

Razão e Sensiblidade não me deu aquela urgência de não largar o livro, mas mesmo assim adorei a historia e as irmãs Dashwood, principalmente Marianne, que se irrita com os costumes reservados de seu tempo e se rebela tanto quanto pode, o que me rendeu boas risadas durante a leitura.

"Marianne detestava toda simulação e apenas uma verdadeira desgraça poderia justificar para ela a falta de franqueza. Considerava que procurar reprimir sentimentos que nada tinham de reprováveis representava não só um esforço desnecessário, como também uma vergonhosa submissão à tirania."

Para quem gosta de romances de época, recomendo muito a leitura deste livro, que é leve com críticas bem colocadas aos costumes hipócritas daquele tempo e com uma leitura bem gostosa!! :)

Este livro faz parte do Desafio Literário Rory Gilmore, que consiste em ler todos os livros que aparecem no seriado Gilmore Girls. Para saber mais, clique aqui ou na página do desafio no menu.


*
*
*
Vamos conversar mais!! Instagram Facebook ~ YouTube ~ GooglePlus ~Twitter ~ Skoob

Um comentário:

  1. Eu já li e reli esse livro. Adoro! Adoro o contraste das duas irmãs, adoro o cenário, adoro os romances lentos e cheios de intrigas haha

    Beijos!
    Arrastando as Alpargatas

    ResponderExcluir

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!