abril 07, 2015

por Danielli Guirado

Eu Fui: Obsessão Infinita - Yayoi Kusama

Mais uma vez venho envergonhada comentar de uma exposição super legal, mas que aconteceu há um milhão de anos atrás!!! hauhauahuhauha E ainda com fotos ruins, já que tirei com o telefone e ele não é dos melhores em ambientes escuros! kkkkk sorry about that!

Já que não posso mais dar a dica do passeio, vou aproveitar para falar um pouco sobre a exposição em si e sobre a Yayoi, para vocês saírem daqui com informaçõeszinhas legais pelo menos!! hahahaha

Yayoi Kusama nasceu em Matsumoto, Japão, em 1929. Começou a pintar com 10 anos e não parou mais. Em 1957 mudou-se para Nova York, onde trabalhou com grandes nomes da época como Andy Warhol e foi onde iniciou os trabalhos com espelhos e luzes. Além de artista plástica, é escritora e produtora tendo ganho prêmios também por obras nestas áreas como "Kusama Auto-Obliteração" (tradução livre), filme que produziu e estrelou e que ganhou um prêmio na 4° Competição Internacional de Filmes Experimentais na Bélgica (tradução livre). Voltou para o Japão em 1973 e se internou voluntariamente em uma instituição psiquiátrica em 1977, por conta de sua esquizofrenia e do TOC, dos quais sofre desde criança, nunca deixando de produzir sua arte. Hoje, aos 85 anos é uma das artistas vivas mais aclamadas do mundo.

A exposição "Obsessão Infinita" contou com 100 obras da autora produzidas entre 1949 e 2012, e pôde nos levar para dentro do seu mundo. ♥

* Quem for viajar para o Chile até junho, ainda tem uma chance de ver esta exposição liiinda de perto! Ela estará aberta de 07 de março a 07 de junho de 2015 na Fundação CorpArtes, em Santiago, de segunda a domingo das 10:00 às 19h30! =)

Eu estou aqui, mas nada* -  esta era uma instalação como se fosse uma sala comum, mas inteiramente coberta de bolinhas fluorescentes!






Cheio com o Brilho da Vida - a sala mais mágica! Amei muito!











Sala dos Espelhos Infinitos - O Campo Fálico - essa sala foi uma surpresa! Além de mais uma vez entrarmos em uma sala com espelhos infinitos, ela possuia almofadas fálicas, como se fosse um jardim e só podia ficar na sala por 20 segundos!










Obsessão por Pontos - Amor Transfigurado em Bolas






Sala da Obliteração - nesta sala, recebíamos uma cartela com bolinhas adesivas e podíamos colar em qualquer lugar!





Espero que vocês tenham gostado do post e, mais uma vez, sorry pelas fotos ruins, mas achei melhor postar com fotos ruins do que não postar! hehehe

* Tradução livre.

Fontes:
Yayoi Kusama
Instituto Tomie Ohtake
UOL
Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela leitura! ♥

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livros, Resenhas, Vídeos e outras Danis!